Sua história, minha história, nossa história

Desde que nasci moro em Indaiatuba e, quando criança, lembro-me das composições ferroviárias que eu podia ver do Pau Preto, bairro onde cresci e moro até hoje. Do campinho de futebol onde brincávamos, ouvíamos o apito do trem e parávamos para vê-lo passar.
A memória ferroviária é lembrança afetiva para muitos indaiatubanos e o maior símbolo dessa história é a locomotiva que atualmente está no Museu Ferroviário.
Essa locomotiva, atualmente identificada com o número 10 – pois foi a décima locomotiva que entrou em funcionamento pela companhia Estrada de Ferro Sorocabana, foi, na verdade a número 1 – a primeira – da Companhia Ytuana de Estrada de Ferro e chegou no Brasil vinda dos Estados Unidos, onde ela foi fabricada. Lá, ela recebia o nome de “América” e foi comprada por D. Pedro II, que a deu de presente para a Ytuana.
Com o objetivo de preservar a Locomotiva, e nossa história, que é sua e minha também eu solicitei o seu tombamento (preservação) para a Fundação Pró-Memória.

2 thoughts on “Sua história, minha história, nossa história

  1. Boa noite,

    Meu avô era chefe da estação por um bom tempo Simão Rodrigues Pedroso. Acho uma ideia de também homenagear os Indaiatuban os que trabalharam na Sorocabana. Com fotos e história.
    Obrigada. Iria Regina Rodrigues (NeTa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *