Minha busca por um trânsito mais seguro será incansável

Hoje é sexta-feira (12/04/2019) e o que eu gostaria é de compartilhar boas notícias, ou melhor, boas conquistas do meu mandato como vereador. Mas tenho a lamentar que não será assim, e mesmo defendendo que temos que ser otimistas, julguei relevante expor o fato para que sirva como ponto de reflexão e conscientização dos eleitores, para que em última análise PENSEM muito e tirem suas próprias conclusões.
Hoje recebi uma negativa da presidência da Câmara Municipal, que RECUSOU um projeto de lei (sem ao menos passar pelas Comissões e ser debatido em plenário) que eu apresentei com o objetivo de implementar em nossa cidade um Plano de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito.
O fato não é apenas a negativa em si (que já seria um absurdo), mas a justificativa: o sistema afirmou que “o município não pode legislar sobre o trânsito porque isso é de competência da federação”.
Ora, ora… é só dar uma busca no site da Câmara Municipal para ver a quantidade de leis feitas legislando sobre o trânsito municipal.
Por isso afirmo e repito: eleitores, PENSEM sobre este post e respondam: a “regra” que justificou a recusa é só aplicada para quem?
Meu lamento, com pesar
Os dados sobre as mortes no trânsito em Indaiatuba são deste site: http://www.segurancanotransito.sp.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *